Polémica no Olivais-Esgueira

 

 

 

 

 

 

Depois recebermos este email por parte dos pais das atletas juniores do Esgueira, não podíamos deixar passar em claro este episódio vergonhoso que se passou no passado fim de semana em Coimbra.

Podem ler aqui em baixo o referido email:

Numa deslocação a Coimbra no passado dia 19/04 , ao pavilhão do Olivais, para assistir a um jogo da fase de apuramento para a fase final do Campeonato Nacional de Juniores Femininos e antes de começar o jogo,  toda a assistência estranhou o facto de a equipa de arbitragem ser constituída por duas crianças ( sim, porque não passavam de duas crianças, ambos  bem mais jovens do que as atletas em jogo ). Mais tarde, veio-se a constatar que um dos elementos da equipa de arbitragem, com 14 anos e árbitro principal, é jogador da equipa de cadetes masculinos do próprio clube em jogo ( o Olivais ) e o outro elemento, com 17 anos e árbitro auxiliar, é jogador da equipa júnior feminina de um outro clube da cidade de Coimbra.

 

Aos 4 minutos de jogo, aproximadamente, o árbitro ordena de uma forma arrogante ao treinador do Esgueira, que apenas estava a acompanhar o jogo, como é sua função, que se sentasse. Imediatamente teve uma falta técnica porque respondeu que poderia estar de pé ( como é óbvio… ). Ao dirigir-se à mesa para contestar a falta técnica, foi-lhe novamente ordenado que se sentasse, o que o treinador recusou, tendo-lhe nessa altura sido averbada a segunda falta técnica e consequente exclusão do jogo com abandono do pavilhão! A partir daqui, a equipa do Esgueira passou a ser orientada pela capitã. Isto aos 4 minutos de jogo, quando este estava no seu inicio e completamente pacifico, quer dentro quer fora do campo.

 

Obviamente que a partir daqui foi o descalabro total. O publico exaltou-se, os árbitros perderam completamente o controlo do jogo e a equipa do Olivais acabou por vencer o encontro, com um lançamento de dois pontos em cima do apito final.

 

Não estamos aqui a contestar a qualidade técnica da arbitragem, mas apenas a manifestar a nossa indignação por ser possível a Associação de Basquetebol de Coimbra fazer este tipo de nomeações, ainda por cima para um jogo decisivo, no qual estava em jogo a possibilidade de aceder à fase final do Campeonato Nacional de Juniores Femininos ( que este ano se realiza em Coimbra ). Infelizmente, é a quarta vez que assistimos a este tipo de nomeações, efectuadas pela Associação de Basquetebol de Coimbra.

 

Não culpamos os jovens árbitros, apesar de alguns erros técnicos que claramente condicionaram o resultado final do jogo. Eles provavelmente fizeram o que sabiam ( embora não encontremos explicação para as duas faltas técnicas ao treinador do Esgueira, até porque a treinadora da equipa do Olivais esteve em pé durante uma boa parte do jogo, tal como permitem as regras ).

 

Contestamos sim, e veementemente, a Associação de Basquetebol de Coimbra, que fez estas nomeações. Esta nomeação teve consequências gravíssimas:

 

– para o Esgueira, que terá sido provavelmente afastado da fase final do Campeonato Nacional, não por ter jogado mal, mas porque teve todo o seu jogo condicionado pela situação de elevado stress nas atletas, provocada pela expulsão do treinador e, obviamente, por ter jogado praticamente todo o jogo sem treinador.

 

– para as atletas, que viram todo o trabalho de uma época ( que tem sido um excelente trabalho, como o têm provado os resultados obtidos ), ser destruído por situações que não têm nada a ver com a prática do basquetebol.

 

– para o treinador do Esgueira, que vê todo o seu trabalho, quer em termos técnicos, quer em termos de formação pessoal das jovens atletas ( que, diga-se, tem sido extraordinário ), posto em causa por dois jovens árbitros que obviamente nunca deveriam ter sido nomeados para um jogo desta importância.

 

– para os próprios árbitros, que numa fase em que deviam ser incentivados e motivados para aprenderem ( sim, porque eles são muitíssimo jovens e o que mais precisam é de aprender… ) saíram certamente do campo muito ‘maltratados’ em termos emocionais. Obviamente que dois árbitros tão jovens se sentem muito pressionados não só pelo ambiente adverso no público, mas também pelos pais das jogadoras das quais são amigos e que tratam no dia a dia e no próprio jogo pelos nomes próprios.

 

Ao longo de todo o jogo houve diversas situações de erros técnicos graves, que deveriam ditar a repetição do jogo, mas sobre esse assunto a Direcção do Esgueira actuará do modo que achar mais conveniente.

 

Só para terminar, achamos extraordinário que a Directora Técnica Regional da Associação de Basquetebol de Coimbra esteja presente a assistir ao jogo, impávida e serena, como se nada se estivesse a passar! No mínimo, devia ter a dignidade e a hombridade de se retirar do pavilhão e meditar seriamente na postura da Associação à qual pertence e no péssimo trabalho que está a prestar para o basquetebol nacional. Apenas se limitou a dizer publicamente que o treinador representa a má educação das pessoas de Esgueira. Esteve também presente no pavilhão o Presidente do Conselho de Arbitragem da Associação de Basquetebol de Coimbra, que após se aperceber que o treinador tinha sido expulso, se retirou de junto do mesmo e se manteve a ver o jogo muito naturalmente, como se nada se passasse! É o mínimo que se pode exigir a quem dirige as nossas instituições desportivas: dignidade!

 

Não é isto que nós queremos para os nossos jovens atletas, que trabalham muito durante toda uma época, pelo prazer de fazer desporto e de jogar basquetebol, neste caso, para verem as suas ilusões e todo o trabalho de uma época posto em causa por dois jovens que nunca deviam ter sido colocados perante esta situação! Queremos competição sim, mas com dignidade, com dedicação, com trabalho, e não com jogos sujos de bastidores!

 

É indigno do desporto o que se passou no pavilhão do Olivais!

 

Os pais das atletas do Esgueira

Explore posts in the same categories: Campeonatos Nacionais

8 comentários em “Polémica no Olivais-Esgueira”

  1. rac Says:

    Mais desenvolvimentos sobre o jogo Olivais-Esgueira do dia 19 de Abril!

    Apenas hoje, sexta feira, chegou à Federação o Relatório do jogo que se realizou no Domingo. O Esgueira pediu à Federação o envio do Relatório, que ainda não foi enviado.

    Só podemos pensar em premeditação! Senão vejamos.

    A Associação tem 48 horas para mandar o relatório para a Federação. A reunião do Conselho de Disciplina realiza-se à terça-feira. Ou seja, se o relatório tivesse sido enviado na segunda feira, na terça feira a Federação tomava a decisão, e caso não houvesse penalização para o treinador, ele poderia dirigir o jogo a realizar no próximo Domingo, em Esgueira.

    Não havendo relatório na Federação, ou seja, só chegando hoje, sexta feira, o relatório à Federação, como o treinador não pode orientar os jogos durante 8 dias ( de acordo com artigo 38º do Regulamento de Disciplina da Federação Portuguesa de Basquetebol ), o treinador do Esgueira não vai poder orientar a equipa no próximo Domingo, ou seja, mesmo que não seja penalizado pela Federação, na prática já foi, devido ao atraso no envio do Relatório.

    Devido ao facto de o Relatório só ter sido enviado hoje, só na próxima terça feira é que a Federação poderá decidir pela penalização ou não do treinador.

    Portanto…. são demasiadas coincidências…. Só nos leva a pensar que este atraso é voluntário…..

    Os pais das atletas júniores de Esgueira

  2. Bruno Says:

    Infelizmente de casos como este está o basquetebol português cheio! Era interessante ter uma resposta da Associação em causa! Estas nomeações de jovens (muito jovens) para jogos decisivos acontece regularmente. Em Associações pequenas temos que nos contentar com a resposta: “não há outros” mas numa associação como a de Coimbra duvido que seja este o caso.

  3. Rui Says:

    No Alentejo a situação é a mesma. O mal é geral!!!

  4. Vasco Gama Says:

    Não se pode acreditar em tudo o que se diz ou escreve. Foi vergonhoso? Quem perde tem tendência em classificar desse modo. O treinador portou-se muito bem e os árbitros muito mal? Hum… Se passamos a vida a culpar os árbitros então não vão existir nem mais árbitros nem melhores.

    • rac Says:

      Se não assistiu ao jogo, talvez fosse melhor não comentar!
      Se assistiu, então só me posso rir porque me parece demasiado imbecil o seu comentário!
      Os próprios elementos do OlivaisFC presentes no local deram razão aos motivos dos nossos protestos. Penso que está tudo dito!
      Mas as instâncias oficiais tratarão de avaliar a situação e os nossos comentários não servem de nada, apenas como desabafo!

  5. Vasco Gama Says:

    Um erro factual: “Obviamente que dois árbitros tão jovens se sentem muito pressionados não só pelo ambiente adverso no público, mas também pelos pais das jogadoras das quais são amigos e que tratam no dia a dia e no próprio jogo pelos nomes próprios.”
    Isto é mentira pois um dos árbitros é do Clube PT enorme rival do Olivais em Coimbra. Rival, nada amigo!

    • rac Says:

      Vasco Gama: Aquilo que eu disse é porque eu próprio vi ambos os árbitros a tratarem as jogadoras do Olivais pelo nome próprio, o que no minimo não é nada ético. Uma coisa é a rivalidade desportiva, outra bem diferente são as relações pessoais!
      Mas no meuio disto tudo, onde é que anda a ética desportiva?

      • Vasco Gama Says:

        A presunção de familiaridade entre os jogadores e o árbitro é um insulto aos próprios, porque não é verdade e pode facilmente ser provado por quem conheça a rivalidade PT/Olivais e os muitos problemas que têm existido quando um árbitro jogador de um dos clubes vai apitar um jogo do outro clube; o que me leva a pensar que muitas das outras coisas que são ditas também não são muito verdadeiras. Por exemplo a Associação de Basquetebol de Coimbra não interfere nos relatórios; são os árbitros que os enviam directamente para a Federação. A tentativa de envolver a ABC e a respectiva directora técnica não é muito ética.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: