Entrevista a Tânia Gaião, treinadora das Sub14Femininos do GRIB

Realiza-se este fim-de-semana no Algarve, no Pavilhão Municipal de Vila Nova de Cacela em Vila Real de Santo António, a fase final do torneio de sub14 femininos.

São seis as equipas apuradas para esta final, que são: GRI Brandoense, NCR Valongo, SC Quebradense, Eléctrico FC, CDE “Os Vitorinos” e o CAB Madeira.

 Neste âmbito, o MaisBasquetebol tomou a iniciativa de entrevistar a treinadora da equipa nortenha do Brandoense, Tânia Gaião, que conduziu as suas jovens atletas a esta fase decisiva da competição. Assim damos a palavra à treinadora responsável pela primeira vez do GRI Brandoense numa fase final neste escalão.

GRIB sub14

 Como se encontra a equipa antes da Fase Final e qual é o objectivo para esta fase?

 A equipa encontra-se bastante motivada, unida e cheia de vontade de dar o seu melhor, mas está também um pouco ansiosa como é natural. O nosso objectivo é sem dúvida, darmos o nosso melhor neste três dias de competição e fazer de tudo para dignificar o clube e o distrito ao qual pertencemos.

 O que destacas mais na tua equipa, como grande qualidade colectiva? E individualmente, vês alguém com potencial para integrar no próximo ano um CNT?

Sem dúvida, o facto de sermos um grupo humilde, trabalhador e empenhado, que adora a modalidade e tem evoluído progressivamente. Destaco também a união e dedicação de todos aqueles que integram directa e indirectamente o grupo de trabalho, que vai desde atletas, treinadores, dirigentes e os pais (sempre presentes).

Individualmente, temos duas atletas (Tamara Santos e Catarina Marques) convocadas para um estágio da Selecção Nacional Sub15/16, tendo em vista a formação do CNT Colégio Calvão do próximo ano.

 Tendo em conta o poder do basquetebol feminino no distrito de Aveiro que este ano tem sido avassalador (vitórias em Portimão, Calvão campeão nacional de Juniores e Ovarense campeã nacional de Cadetes) o GRIB pode acusar a pressão para a vitória ou simplesmente o objectivo é formar jogadoras e dar o máximo de experiências enriquecedoras as jovens?

Sim, acima de tudo, formar jogadoras e dar o máximo de experiências enriquecedoras às atletas; pois o principal objectivo da época era sem dúvida, a continuação do trabalho iniciado há dois anos, ou seja, manter um grupo coeso, motivado, no qual imperasse o espírito de equipa e toda a gente se sentisse integrado! Desta forma a evolução seria satisfatória e os resultados desportivos seriam uma consequência disso mesmo. Penso que a gestão de esforço e a gestão emocional serão sem dúvida, as maiores dificuldades que iremos encontrar nesse fim-de-semana.

 Como consideras o modelo competitivo para o escalão de sub14? A forma de disputar o campeonato nacional e as fases finais distritais no final da época.

Na minha opinião, o Campeonato Nacional está melhor estruturado este ano, pois as equipas têm oportunidade de fazer mais jogos e torna-se mais competitivo. Mas visto que começa mais cedo (logo em Janeiro), faz com que, na maior parte dos distritos, se apure o campeão distrital logo em Dezembro, o que eu considero prematuro, pois quase não há tempo para preparar bem as equipas (sem saltar etapas). Em Aveiro, a final distrital só será agora em Junho e será uma final a 6. Concordo que seja uma boa opção, apenas penso que se devia ter mais cuidado com a escolha das datas (o que eu sei que também é complicado). Por exemplo, a nossa equipa em duas semanas irá realizar 10 jogos (Final Nacional e Final Distrital). Apesar da “festa” e alegria que é para as atletas, será também bastante desgastante.

 Como vês a formação em geral e o sector feminino em particular?

Penso que a formação tem melhorado progressivamente, apesar de se continuar a ver muitos dos intervenientes em jogo (treinadores, dirigentes, etc.) mais preocupados em obter resultados rapidamente, ou mais preocupados com factores externos às equipas, do que propriamente com a evolução saudável e pedagogicamente correcta das suas atletas, para que elas tenham um futuro recheado de boas experiências. À parte disso, penso que o feminino tem evoluído bastante nos últimos anos e Aveiro em particular.

 Qual é a tua opinião em relação haver uma maior comunicação entre todos os agentes da modalidade, árbitros-treinadores/jogadores-dirigentes?

Concordo. Não só dentro do campo, mas também fora deste. Pois existem muitos treinadores/jogadores/dirigentes com grandes lacunas quanto ao conhecimento das regras, assim como árbitros que conhecem pouco o jogo, as suas tácticas ou técnicas. Penso que quanto mais informados estivermos melhor, mas também todos têm que saber estar e saber respeitar as funções de cada um.

 Que conselho dás a quem agora pensa iniciar a sua actividade como treinador?Acima de tudo tem que ter muito gosto por essa função, pois é uma função muito exigente, mas muito gratificante também. Aquele que quer ensinar, deve estar sempre aprender e a actualizar-se, para poder ensinar mais e melhor.

 Questões Rápidas:GRIB sub14 1

Um sonho:

Ser Campeã Nacional

Uma referência a seguir como treinadora:

Prof. Augusto Araújo (CNT Paulo Pinto) … pois foi aquele treinador que me deu as primeiras referências para a função de treinadora.

Um momento positivo marcante na carreira:

Este ano está a ser muito positivo, em especial, o apuramento para a fase final nacional.

O MaisBasquetebol agradece a disponibilidade da Treinadora Tânia Gaião para responder as questões e endereça as melhoras das sortes para a Fase Final que vai disputar.

Advertisements
Explore posts in the same categories: Competições - Campeonato Nacional de Iniciados Femininos, Competições Femininas, Entrevistas, Escalões de formação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: