Torneio Trentino Cup – Selecção Sénior Masculina

A selecção nacional sénior masculina terminou hoje a sua participação no Torneio Trentino Cup, em Itália, e somou por derrotas todos os jogos disputados.

No primeiro encontro do torneio Portugal perdeu por 91-98 perante a Nova Zelândia. A nossa selecção neste primeiro encontro exibiu-se a um bom nível, obtendo números muito interessantes e fruto de muito trabalho, como são as percentagens de lançamento finais obtidas pelos jogadores portugueses, 53% 2pts, 42% 3pts e uns magníficos 95% de lances livres. Apesar destes óptimos números Portugal não levou de vencida o seu adversário muito devido à luta nas tabelas, onde Portugal ficou-se pelos 21ressaltos enquanto a Nova Zelândia ganhou 36, um facto ao qual não é alheio a ausência do principal poste Elvis Évora que se lesionou na véspera do jogo. Num encontro em que Portugal esteve muito bem nos lançamentos há a destacar as pontuações de Rui Mota (15), Carlos Andrade e Miguel Miranda (18) e Jorge Coelho e João Santos (14). Na equipa adversária é inevitável destacar a prestação de Kirk Penney com 35pts, com 5/6 de 2pts e 6/6 LL.

No segundo dia do torneio, cabia a Portugal defrontar a equipa do Canada que foi “cilindrada” na 1ªjornada pela poderosa Itália. Era suposto ser um jogo acessível para Portugal obter um melhor resultado, porque apesar da derrota da véspera a exibição da equipa foi muito boa, mas foi algo que nunca apareceu neste encontro. Ao contrário do jogo anterior, neste os jogadores portugueses ficaram-se por umas percentagens muito inferiores e realizou uma 1ªparte muito abaixo do normal, o que acabou por vir a custar a luta pela vitória, visto que na 2ªparte tentou reagir mas na realidade nunca foi capaz de nada. A derrota final de Portugal não surpreendeu ninguém, bem como os números finais do marcador, 74-55.

Já hoje Portugal defrontava a melhor equipa do Trentino Cup, que era a Itália que conta com dois jogadores que actuam na NBA nos seus quadros, Marco Belinelli e Andrea Bargnani. Apesar da nossa selecção ter perdido por 11pts (83-72), o resultado não espelha o que se passou em campo, onde Portugal realizou uma boa exibição estando sempre a lutar pela vitória, baqueando apenas num factor importante do jogo que é as perdas de bola, onde Itália perdeu menos 10 que a selecção nacional. Mas perante o poderio existente na selecção italiana e tendo em conta o desgaste e algumas pequenas lesões que atormentaram o seleccionador Moncho Lopez, esta exibição de Portugal deixa uma óptima perspectiva para o apuramento para o Europeu. Neste encontro os destaques individuais vão para Carlos Andrade 12pts e 5ress, Miguel Miranda 15pts e 8ress e João Santos 14pts.

Trentino CupFoto retirada do site da FPB

Explore posts in the same categories: Competições Internacionais, Selecções Nacionais

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: