Archive for the ‘Jogos Olímpicos – Masculinos’ category

Estados Unidos de volta ao Topo Mundial!

Domingo,24 Agosto, 2008

 

 

São jogos como este e finais como esta que nos fazem, dia para dia, gostar cada vez mais desta grande modalidade que é o Basquetebol.

Pavilhão a vibrar, treinadores a liderar, arbitragem exemplar e com os artistas dentro do campo a espalhar magia, que mais poderíamos querer para cerca de 1 hora de 45 minutos de basquetebol ao mais alto nível?

Os Estados Unidos estão de volta ao topo do basquetebol mundial ao derrotarem numa final intensa e emocionante a selecção espanhola por 118-107, tendo necessitado de utilizar hoje a “artilharia” toda afinada para superarem os actuais campeões do mundo.

A equipa de Mike Krzyzewski com uma excelente percentagem da linha dos 6,25 (46 por cento), acompanhado de uma exibição imaculada do MVP no encontro, Dwayne Wade (“The Flash”), com 27 pontos, 5/5 de 2 pontos, 3/7 de 3 pontos e 5/7 da linha de lance livre.  Kobe Bryant  além dos seus 20 pontos, marcou um  triplo  crucial com falta a 3 minutos e dez segundos do  fim da partida, excluindo nesse mesmo lance até então o melhor jogador espanhol na partida Rudy Fernandez com 5 faltas cometidas.

 

 Na Espanha  um inspiradíssimo Rudy Fernandez com  22 pontos,5 triplos convertidos em 9 tentados , teve ainda de certeza  o melhor afundanço do torneio olímpico na cara de Dwight Howard na segunda parte.Secundados pelas boas exibições de  Gasol (21 pontos e 6 ressaltos) e Navarro (18 pontos), os espanhóis mantiveram assim as esperanças pelo ouro até ao final do encontro.

 

Os americanos levaram assim o ouro olímpico para casa, facto este que já não acontecia desde 2000 desde a vitória sobre a França por 95-85 na final em Sidney.

 

Ironicamente depois desta conquista a selecção Argentina continua a liderar a pontuação no ranking da FIBA, seguida pelos norte americanos no segundo lugar.

Sul americanos conquistam o bronze!

Domingo,24 Agosto, 2008

Privados da principal estrela Manu Ginobilli devido a lesão, a selecção Argentina venceu a formação da Lituânia por 87-75 alcançando a medalha de bronze quatro anos depois de ter sido Campeã Olímpica em Atenas.

 

Destaques da partida:

 

  • Carlos Delfino foi o melhor marcador e ressaltador da partida anotando 20 pontos e 10 ressaltos.
  • Nocioni converteu 14 e capturou 8 ressaltos.
  • Quinteros e Gutierrez foram importantíssimos na vantagem alcançada na primeira parte pelos sul americanos uma vez que saltaram do banco e ambos  converteram no total 15 pontos dos 22 no encontro.
  • Nos lituanos R. Siskakukas com 15 pontos R. Kaukenas, 14, foram os que mais evidenciaram-se.

 

Dados da Final tão desejada por todos!

Sábado,23 Agosto, 2008

 

 

Os EUA jogaram e derrotaram a Espanha por nove vezes na acção Olímpica, inclusive uma vitória contra a Espanha anteriormente invicta 102-94 nos quartos de final das Olimpíadas 2004. A vermelhidão, branca e azul também bateu a Espanha 122-81 em 1992; 97-53 em 1988; 101-68 em 1984 e 96-65 em ’84 jogo da medalha de ouro; 72-56 em 1972; 81-46  em 1968.

 Mais recentemente os EUA polverizaram a Espanha 119-82 em jogo de grupo  no dia 16 de agosto. Automaticamente dado direito aos Jogos Olímpicos de  2008 vsito que em 2006 sagrou-se Campeão de Mundo de FIBA, o melhor alcançado pela selecção espanhola aconteceu em 1984 quando esta levou a prata para casa.

Os americanos chegam à final sem conhecer o sabor da derrota visto que venceram os sete jogos até atingirem a final olímpica.Num conjunto liderado por Mike Krzyzewski que vale pelo seu todo ,Lebron James com 15.7 pontos de média por jogo, Dwayne Wade 14.4 e Kobe Bryant 14.3 são os atletas em maior destaque nesta super selecção.

 

 

A Espanha ganhou os seus três primeiros jogos  de grupo,abrindo com uma 81-66 vitória sobre a  Grécia, de seguida  85-75  contra o anfitrião a China e  72-59 contra a Alemanha. A Espanha perdeu então contra os americanos por 119-82 antes de realizar o ultímo jogo de grupo com uma claro vitória sobre os angolanos por 98-50. Nos quartos de final a Espanha derrotou a Croácia 72-59 final onde encontraria e vencia a Lituânia 91-86 nas semifinais alcançando assim o apuramento ao jogo da medalha de ouro.

Pau Gasol foi o melhor marcador da Espanha em quatro jogos, inclusive 29 pontos contra a China, 31 pontos contra a Angola, 20 pontos  sobre a Croácia e 19 pontos contra a Lituânia; enquanto Rudy Fernandez conduziu a Espanha com 16 pontos contra a Grécia, Jose Calderon marcou 15 na vitória sobre a Alemanha e Felipe Reyes marcou 19 contra os EUA.  Gasol tem como média no torneio 19.4  pontos por jogo e 7.1 ressaltos., seguido por 11.9 pontos de Fernandez.

 

Ficam aqui alguns dados estatísticos sobre as duas selecções:

 

Categorias

Estados Unidos

Espanha

Média Pontos por Jogo

104.6

83

Lançamentos de 2 pontos

64.1%

52.1%

Lançamentos  de 3 pontos

36.4%

29.8%

Lances Livres

67%

73.4%

Ressaltos Ofensivos

12.4

14.3

Ressaltos Defensivos

30.6

25.1

Roubos de Bola

12.9

8.3

Percas de Bola

13.9

15.4

 

 

Legenda:

 

Verde – Representa as categorias onde os Estados Unidos são superiores

Vermelho– Representa as categorias onde a Austrália é superior.

 

Notas: São as médias dos 7 jogos realizados por ambas as equipas antes de alcançarem a final.

 


A final será tansmitida na RTP2 e RTP HD às 7h30 no dia 24 de Agosto.

 

 

A final esperada, Eua-Espanha!

Sexta-feira,22 Agosto, 2008

 

A selecção espanhola alcançou hoje a passagem à final depois ter ter batido esta tarde a formação da Lituânia por 91-86 podendo assim lutar pela medalha de ouro, algo que já não acontecia há 24 anos.

Felipe Reyes, a brilhar no terceiro período com 8 pontos e Rudy Fernandez com 9 pontos dos seus 18 e Pau Gasol 7 pontos dos 19 no quarto período, foram hoje os grandes pilares para o triunfo espanhol.

Na Lituânia destaque para as exibições de Jasaitis e do talentoso base Jaskevicius que ambos anotaram 19 pontos.

Resta agora à Lituânia lutar pela medalha de bronze contra os argentinos.

Os espanhóis enfrentam agora na final os norte americanos depois de já terem jogado entre si na Fase de grupos onde os americanos deram uma lição de basquetebol ao dar 37 pontos!!

Mas final é final e para as pessoas mais esquecidas a Espanha é a actual Campeã do Mundo de basquetebol e com certeza não vai dar o título aos Estados Unidos de mão beijada.

 

 

 

Os Estados Unidos derrotaram os actuais Campeões Olímpicos, a Argentina, por 101-81.

 Depois dos sul americanos entrarem a ganhar por 4-3  os norte americanos abriram o livro com um impressionante parcial de 18-0 com Kobe Bryant a marcar 9 pontos nesta fase.

Fase esta que foi crucial no encontro visto que os Argentinos nunca mais passaram para a frente no marcador tendo só conseguido chegar aos 6 pontos de diferença  quando faltava 1 minuto para acabar a primeira parte, com  excelentes prestações de Nociononi, Quinteros e Gutiérrez.

Na segunda parte o domínio norte americano veio novamente à mó de cima mantendo sempre os sul americanos acima da dezena de pontos de diferença no marcador alcançando o tão esperado passaporte para a final olímpica.

Nos norte americanos destacaram-se  Carmelo Anthony com 21 pontos e Lebron James, 16,   enquanto na Argentina Luís Scola encheu o campo com uma magnífica exibição como provam os seus números, 28 pontos e 11 ressaltos, enquanto Carlos Delfino foi o segundo melhor marcador com 17 pontos.

Em busca do ouro, os americanos defrontam agora na final os actuais Campeões do Mundo, Espanha,  enquanto os argentinos vão medir forças com a Lituânia para a disputa da medalha de bronze.

Jogos Olímpicos – Meias Finais Masculinas 22 de Agosto

Quinta-feira,21 Agosto, 2008
  
13H00 ESPANHA-LITUÂNIA  ( Transmissão televisiva na RTP N)   

       

15H15 EUA-ARGENTINA (Transmitido no serviço HD da RTP)                                                               

       

Espanha,Eua,Argentina e Lituânia nas meias finais!

Quinta-feira,21 Agosto, 2008

                                                                  

Com um grande primeiro período, a Espanha, comandada por Pau Gasol, conquistou logo de início uma larga vantagem e soube geri-la convenientemente ao longo do resto do jogo. O resultado final foi uma importante vitória por 72-59 contra uma Croácia impotente e que valeu a passagem as meias finais do torneio olímpico.
Com 9 pontos no primeiro período Pau Gasol comandou a Espanha para um parcial de 22-11 no primeiro período. Na segunda parte a Espanha chegou a estar em vantagem por uns folgados 24 pontos, tendo o jogo terminado com 13 pontos de diferença.
Nas meias finais a Espanha vai medir forças com a Lituânia.

                                                                       

A Lituânia alcançou as meias finais dos jogos olímpicos pela primeira vez na sua história, na sua quinta presença na prova de basquetebol masculino, ao bater a China de Yao Ming por uns claros 94-68.
Sarunas Jasikevius fez 5/6 em lançamentos de longa distância comandando a tabela dos melhores marcadores da partida com 23 pontos.
A equipa lituana apresenta-se em grande forma na fase final da competição e vai defrontar a campeã do mundo Espanha.

                                                           

russa.

 

Os Estados Unidos da América não se apresentaram ao seu melhor nível no que diz respeito aos lançamentos de campo, mas o seu avassalador domínio nas tabelas foi a chava para uma expressiva e esperada vitória por 116-85 contra uma Austrália que cumpriu claramente com os seus objectivos nesta competição.
Kobe Bryant, com 25 pontos, foi o jogador em maior destaque na formação norte-americana.
A super-equipa americana vai agora defrontara actual campeã olímpica Argentina nas meias finais da prova.
          

                                                            

No jogo mais emocionante dos quartos definal, a Argentina levou de vencida a Grécia (80-78), apurando-se para as meias finais da prova, onde defrontará a super-favorita equipa dos Estados Unidos da América.
A equipa sul americana, que já havia vencido a Grécia nos quartos de final dos jogos de 2004 (que na altura era a equipa anfitriã da prova), confirmaram a sua vitória apenas nos instantes finais da partida.